quinta-feira, 7 de junho de 2012

Músicas, Filmes, Desenhos, Pinturas... A Arte!!!

Oie!!! Tudo bom? Vim aqui pra postar tudo eu, tudo eu! um negócio proceis: lembram da postagem sobre o fim da Enquete? Uma das últimas postagens? Pois bem, nela eu disse que iria postar coisas sobre: coisas de Artes, exercícios de Matemática e novidades sobre computadores. Bom, hoje eu vim fazer isso e vou começar pelo princípio lógico, né? Dãããã!!! e o primeiro item é sobre coisas de Artes...

Pois então, vamos lá, que tal começarmos pela música? E quem não gosta de uma boa melodia para dar um toque de poesia na vida? Mas, olha, não pense que eu vou botar aqui funk ou coisa e tal, eu pelo menos tenho cultura, ora! E também detesto estes sertanejos e coisas novas por aí. Além disso, se indicasse essas músicas novas, que todos conhecem, de que adiantaria? Vou mostrar músicas velhas, mas novas pra vocês. Poucos a conhecem, mas então vamos lá, ao Top 10 de Músicas de Primeira Qualidade da Clarice!

Top 10 de Músicas de Primeira Qualidade da Clarice!

1° Lugar: Roda Viva

2° Lugar: Alegria, alegria

3° Lugar: Para não dizer que não falei das flores

4° Lugar: Milho aos pombos

5° Lugar: Aos trancos e barrancos

6° Lugar: Cria

7° Lugar: Asa branca

8° Lugar: Banho de lua

9° Lugar: O caderno

10° Lugar: Xote das meninas

Então, vambora para as explicações inúteis e para os compositores, a letra da música e um link de vídeo agora. Então, aí vai:

As Explicações Inúteis da Clarice, Compositores que não tem nada mais importante pra fazer do que amolar a gente com musiquinhas baratas, as Letras horrorosas das Músicas e os Links de Vídeos sem-graça

Bom, essas são 10 músicas bem legais, as dez que eu mais gosto, espero que gostem também! Lá vão os compositores dessas músicas e suas letras (até que enfim diminuiu o tamanho das explicações, né, Clarice pateta?):

Em Primeiríssimo Lugar: 

Música: 

Roda Viva

Compositor: 

Francisco Buarque de Hollanda (Chico Buarque)

Letra da Música:
Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...
A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...
No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...(4x)

Vídeo:


Em Segundíssimo Lugar: 

Música:

Alegria, Alegria

Compositor:

Caetano Emanuel Viana Teles Veloso (Caetano Veloso)

Letra da Música:

Caminhando contra o vento
Sem lenço e sem documento
No sol de quase dezembro
Eu vou...
O sol se reparte em crimes
Espaçonaves, guerrilhas
Em cardinales bonitas
Eu vou...
Em caras de presidentes
Em grandes beijos de amor
Em dentes, pernas, bandeiras
Bomba e Brigitte Bardot...
O sol nas bancas de revista
Me enche de alegria e preguiça
Quem lê tanta notícia
Eu vou...
Por entre fotos e nomes
Os olhos cheios de cores
O peito cheio de amores vãos
Eu vou
Por que não, por que não...
Ela pensa em casamento
E eu nunca mais fui à escola
Sem lenço e sem documento,
Eu vou...
Eu tomo uma coca-cola
Ela pensa em casamento
E uma canção me consola
Eu vou...
Por entre fotos e nomes
Sem livros e sem fuzil
Sem fome, sem telefone
No coração do Brasil...
Ela nem sabe até pensei
Em cantar na televisão
O sol é tão bonito
Eu vou...
Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo, amor
Eu vou...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Vídeo:

Link: http://letras.mus.br/caetano-veloso/43867/#

Em Terceiríssimo Lugar:

Música:

Para Não Dizer Que Não Falei Das Flores

Compositor:

Geraldo Pedroso de Araújo Dias (Geraldo Vandré)

Letra da Música:

Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
Vídeo:
Em Quarto Lugar (já cansou o "quartíssimo! lugar, né?):
Música:
Milho aos Pombos
Compositor:
José Geraldo Juste (Zé Geraldo)
Letra da Música:
Enquanto esses comandantes loucos ficam por aí
Queimando pestanas organizando suas batalhas
Os guerrilheiros nas alcovas preparando na surdina suas
Mortalhas
A cada conflito mais escombros
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Entra ano, sai ano, cada vez fica mais difícil
O pão, o arroz, o feijão, o aluguel
Uma nova corrida do ouro
O homem comprando da sociedade o seu papel
Quando mais alto o cargo maior o rombo
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Eu dando milho aos pombos no frio desse chão
Eu sei tanto quanto eles se bater asas mais alto
Voam como gavião
Tiro ao homem tiro ao pombo
Quanto mais alto voam maior o tombo
Eu já nem sei o que mata mais
Se o trânsito, a fome ou a guerra
Se chega alguém querendo consertar
Vem logo a ordem de cima
Pega esse idiota e enterra
Todo mundo querendo descobrir seu ovo de Colombo
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça
Dando milho aos pombos
Vídeo:
Em Quintíssimo Lugar (voltou com a coisa do "quintíssimo", de novo?)
Música:
Aos Trancos e Barrancos
Compositor:
Raul Santos Seixas (Raul Seixas)
Letra da Música:
Taí eu sou um cara que subi na vida
Morava no morro e agora moro no Leblon.
Eu vou pendurado na janela,
Vou mais pensando nela
Que esse sujo pelo chão
Eu vou descascando a minha vida,
Sujando a avenida
Com meu sangue de limão
Rio de Janeiro
Você não me dá tempo de pensar com tantas cores
Sob este sol
Pra que pensar se eu tenho o que quero
Tenho a nega, o meu bolero,
A TV e o futebol
Eu não vou levando nosso leite
Troquei por um bilhete
Da roleta federal
Eu vou pela pista do aterro
E nem vejo meu enterro
Que vai passando no jornal
Vídeo:
Link: http://letras.mus.br/raul-seixas/165307/#

Em Sexto Lugar:

Música:  

Cria 

Compositores:  

Sérgio Roberto Serafim (Serginho Meriti) e Cesar Belieny 

Letra da Música:                                                                                                       
Crescendo foi ganhando espaço
Pulou do meu braço
Nasceu outro dia e já quer ir pro chão
Já fala mãe, já fala pai
Já não suja na cama
Não quer mais chupeta
Já come feijão
E posso até ver os meus traços nos primeiros passos
Tropeça e seguro e não deixo cair
Se cai, levanta, continua
A porta da rua fechada
Criança não deixo sair
Da linha, da linha
Reflexo no espelho leva à emoção
A lágrima ameaça do olho cair
Semente fecundou
Já começa a existir
É cria, criatura e criador
Cuida de quem me cuidou
Pega na minha mão e guia 

Vídeo:
Link: http://letras.mus.br/maria-rita/1083245/#

(Obs.: Lembrando que no Vídeo, é Maria Rita Camargo Mariano (Maria Rita) quem canta a música citada aqui acima (Cria), mas os compositores são mesmo Serginho Meriti e Cesar Belieny)

Em Sétimo Lugar:

Música:

Asa Branca

Compositor:

Luiz Gonzaga do Nascimento (Luíz Gonzaga)

Letra da Música:

Quando "oiei" a terra ardendo
Qual a fogueira de São João
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação
Que braseiro, que fornaia
Nem um pé de "prantação"
Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão
Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão
Inté mesmo a asa branca
Bateu asas do sertão
"Intonce" eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração
"Intonce" eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração
Hoje longe, muitas légua
Numa triste solidão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim vortar pro meu sertão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim vortar pro meu sertão
Quando o verde dos teus "óio"
Se "espaiar" na prantação
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu vortarei, viu
Meu coração
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu vortarei, viu
Meu coração
Vídeo:

Link: http://letras.mus.br/luiz-gonzaga/47081/#

Em Oitavo Lugar (tá quase acabando...):

Música:

Banho de Lua

Compositor:

Célia Benelli Campello ou Célia Campello Gomes Chacon (Celly Campelo)

Letra da Música:

Fui à praia me bronzear, me queimei, escureci
Mamãe bronqueou, nada de sol
Hoje só quero a luz do luar
Tomo um banho de lua, fico branca como a neve
Se o luar é meu amigo, censurar ninguém se atreve
É tão bom sonhar contigo, oh! Luar tão cândido
Sob um banho de lua, numa noite de esplendor
Sinto a força da magia, da magia do amor
É tão bom sonhar contigo, oh ! Luar tão cândido
Tim, tim, tim, raio de lua, tim, tim, tim, baixando vem
ao mundo oh lua, a cândida lua vem
Tomo um banho de lua, fico branca como a neve
Se o luar é meu amigo, censurar ninguém se atreve
É tão bom sonhar contigo, oh! Luar tão cândido
Tim, tim, tim, raio de lua, tim, tim, tim, baixando vem
Ao mundo oh lua,a cândida lua vem
Sob um banho de lua, numa noite de esplendor
Sinto a força da magia, da magia do amor
É tão bom sonhar contigo, oh ! Luar tão cândido (x3)
Vídeo:

Link: http://letras.mus.br/celly-campello/45015/#

Em Nono Lugar (a coisa tá fervendo, vai acabar meu trabalho de copiar e pesquisar, uhúú!!!):

Música:

O Caderno

Compositor:

Antonio Pecci Filho (Toquinho) e Lupicínio Moraes Rodrigues (Mutinho)

Letra da Música:

Sou eu que vou seguir você
Do primeiro rabisco
Até o be-a-bá.
Em todos os desenhos
Coloridos vou estar
A casa, a montanha
Duas nuvens no céu
E um sol a sorrir no papel...
Sou eu que vou ser seu colega
Seus problemas ajudar a resolver
Te acompanhar nas provas
Bimestrais, você vai ver
Serei, de você, confidente fiel
Se seu pranto molhar meu papel...
Sou eu que vou ser seu amigo
Vou lhe dar abrigo
Se você quiser
Quando surgirem
Seus primeiros raios de mulher
A vida se abrirá
Num feroz carrossel
E você vai rasgar meu papel...
O que está escrito em mim
Comigo ficará guardado
Se lhe dá prazer
A vida segue sempre em frente
O que se há de fazer...
Só peço, à você
Um favor, se puder
Não me esqueça
Num canto qualquer...(2x)
Vídeo:

Link: http://letras.mus.br/toquinho/87320/#

Em Décimo e Último Lugar (fim!!! Ufa! Alelúia, alelúia!):

Música:

Xote das Meninas

Compositor:

Luiz Gonzaga do Nascimento (Luíz Gonzaga) e José de Sousa Dantas Filho (Zé Dantas)

Letra da Música:

Mandacaru
Quando fulora na seca
É o siná que a chuva chega
No sertão
Toda menina que enjôa
Da boneca
É siná que o amor
Já chegou no coração...
Meia comprida
Não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado
Não quer mais vestir timão...
Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
De manhã cedo já tá pintada
Só vive suspirando
Sonhando acordada
O pai leva ao dotô
A filha adoentada
Não come, nem estuda
Não dorme, não quer nada...
Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
Mas o dotô nem examina
Chamando o pai do lado
Lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade
Que prá tal menina
Não tem um só remédio
Em toda medicina...
Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
Mandacaru
Quando fulora na seca
É o sinal que a chuva chega
No sertão
Toda menina que enjôa
Da boneca
É sinal que o amor
Já chegou no coração...
Meia comprida
Não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado
Não quer mais vestir timão...
Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
De manhã cedo já está pintada
Só vive suspirando
Sonhando acordada
O pai leva ao doutor
A filha adoentada
Não come, num estuda
Num dorme, num quer nada...
Porque ela só quer, hum!
Porque ela só quer
Só pensa em namorar...
Mas o doutô nem examina
Chamando o pai do lado
Lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade
E que prá tal menina
Não tem um só remédio
Em toda medicina...
Porque ela só quer, oh!
Mas porque ela só quer, ai!
Mas porque ela só quer
Oi, oi, oi!
Ela só quer
Só pensa em namorar
Mas porque ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
Vídeo:

Link: http://letras.mus.br/luiz-gonzaga/47104/#

Ótimo!!! Então aí está a música, e demorou para mim conseguir colocar tudo isso... Bem, agora iremos continuar com os filmes, que tal?

Quem não gosta de ir no cinema pra ver a estreia do filme que já estava esperando há um tempão, assistir um filminho inédito na TV ou ver aquele DVD novo ou que faz tempo que você não assiste? Eu, pelo menos, adoro! Ainda mais quando rola uma pipoquinha, né? Bom, pois bem, pra você que quer curtir um filminho na telona (ou na telinha, em sua TV ou em DVD), lá vai as dicas de filmes:

Três filmes estreiando na Telona:

Aí vão três filmes que estreiaram nesta época no Cinema. Fique por dentro dos dados deles e a Sinopse.

Madagascar 3 - Os Procurados - Dublado ou em Dublado e 3D

Tempo de Duração: 2h e 10min‎‎ 

Classificação: Livre

Gênero: Aventura

Sinopse: Em Madagascar 3, Alex, Marty, Melman, Gloria, Rei Julien, Maurice, os pingins e os chimpanzés encontram-se na Europa como integrantes de um circo itinerante numa tentativa de retornar a Nova York.

Homens de Preto 3 - Dublado

Tempo de Duração: 1h e 40min‎‎

Classificação: 10 Anos

Gênero: Comédia

Sinopse: Yaz decide voltar no tempo para matar Kay e desencadeia uma série de acontecimentos que pode levar ao fim do mundo. Jay precisa então ir atrás de Yaz para salvar seu companheiro e o destino da humanidade. Para isso ele viaja no tempo e descobre segredos que nunca imaginou.

Os Vingadores - Dublado

Tempo de Duração: 2h e 16min

Classificação: 12 Anos

Gênero: Ação

Sinopse: Quando um inimigo inesperado surge ameaçando a segurança global, Nick Fury, diretor da agência internacional de paz conhecido como SHIELD, recruta uma equipe para livrar o mundo de uma possível destruição: Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro e Viúva Negra.


Três filmes que você pode ver em DVD:


Alice no País das Maravilhas


Tempo de Duração: 1h e 48min

Gênero: Aventura

Sinopse: Alice, aos 19 anos de idade, foge de uma festa de compromisso, na qual um lorde iria pedir sua mão, e segue um Coelho Branco até uma toca. Ao cair na toca, ela se vê no País das Maravilhas, um lugar mágico, divertido e impressionante. Lá ela encontra personagens fantásticos: o inesquecível Chapeleiro Louco, a Lebre de Março, o engraçado Gato de Cheshire, a Lagarta Azul, a Rainha Vermelha, a Rainha Branca e outros.


Diário de Um Banana 1 e 2


Tempo de Duração: 1h 34min (Diário de um Banana 1) e 1h 36min (Diário de um Banana 2)

Gênero: Comédia (ambos os filmes)

Sinopse: Em Diário de um Banana: Greg Heffley (Zachary Gordon) tem 13 anos de idade e sofre os mesmos problemas que a maioria dos garotos como ele, "normais", sofrem: não é popular. Com amigos que não estão entre os mais admirados da galera e dividindo os corredores da escola com garotos que são mais altos e já fazem a barba, ele só tem uma certeza: o ensino fundamental é a coisa mais idiota que existe. Mas tem um detalhe: ele registra toda a sua rotina na escola e também com a família em um diário. E em Diário de um Banana 2 - Rodrick é o Cara: Greg (Zachary Gordon) está apaixonado por Holly Hills (Peyton List), sua nova colega de escola, só que seu irmão mais velho Rodrick (Devon Bostick) está disposto a atrapalhá-lo de todas as formas possíveis. O péssimo relacionamento entre os irmãos faz com que Susan (Rachael Harris), sua mãe, tente aproximá-los criando um método chamado "dindin da mãe", onde eles ganham dinheiro pelas atividades que fazem juntos. A iniciativa é um desastre, já que Rodrick aproveita a ideia para ganhar dinheiro fácil e maltratar Greg quando está ao seu lado. Um dia os pais e o irmão caçula Manny (Connor e Owen Fielding) deixam Greg e Rodrick sozinhos em casa no fim de semana. Rodrick organiza uma festa e convida os amigos, o que deixa a casa numa tremenda bagunça. No dia seguinte os irmãos conseguem arrumar tudo, de forma que os pais não saibam o que aconteceu. Isto faz com que Greg e Rodrick se aproximem, já que agora há um certo companheirismo entre eles.


O Mundo de Sofia - Dois Discos


Tempo de Duração: 3h 20min

Gênero: Drama

Sinopse: A vida de Sofia é chacoalhada no começo do livro, quando ela recebe duas mensagens anônimas pela caixa de correio. Uma das mensagens era com a pergunta "Quem é você?" e a outra questionava "De onde vem o mundo?" Ela recebe também um cartão postal endereçado à "Hilde Moller Knag a/c Sofia Amundsen". A partir de então, ela passa a receber gradativamente um curso de filosofia por correspondência.
Através dessas comunicações misteriosas, Sofia se torna aluna de um filósofo, Alberto Knox, de cinqüenta anos. No começo ele é totalmente anônimo, mas conforme a história se desenrola ele revela cada vez mais sobre si. É ele quem escreve os papéis e os pacotes, mas não os cartões postais que endereçados de alguém chamado Albert Knag, um major de uma unidade das forças de manutenção da paz da ONU no Líbano.
Alberto ensina à Sofia sobre a história da filosofia. 

Ótimo!!! Chegamos então aos Desenhos... Como Desenhos são parecidos com Pinturas, vou mesclar as duas partes, OK? 

Aí vão oito desenhos e pinturas (cinco são meus):

Título: Navegação

Esse é o meu desenho, feito em folha sulfite, com toda a pintura feita com giz de cera colorido. O mar e a onda gigantesca foram feitos no papel e os barquinhos foram feitos em outra folha, recortados e colados nesta folha.

Título: Lorde de Paletó


Meu desenho, feito em papel sulfite, sem contorno de lápis grafite, é totalmente colorido com lápis de cor.

Título: Borboleta


Minha pintura, feita em papel sulfite e colorida com tinta colorida e pincel fino.

Título: Dança das Flores


Minha pintura, feita em papel sulfite e colorida com tinta colorida e pincel fino.

Título: A Fruteira


Minha pintura, feita em papel sulfite e colorida com tinta colorida e pincel fino.

Título: Barco com Bandeirinhas e Pássaros


Do pintor ítalo-brasileiro Alfredo Volpi. Feita em têmpera s/tela em 1955.

Título: Abaporu


Obra da pintora brasileira Tarsila do Amaral, em 1928. Pintura em óleo sobre tela.

Título: Noite Estrelada


Pintura do artista pós-impressionista holandês, Vicent Van Gogh em 1889. Pintura de óleo em tela.


Enfim, terminamos esta postagem. A primeira postagem da sequência. Mas não pensem que Arte é apenas isso. Alguns pensam que Arte é apenas a pintura e o desenhos. Há quem pense que além destes dois elementos a composição da Arte também contém Música ou contém Filmes. Mas Arte é muito além disso. Arte é a pintura, a gravura, o desenho, a fotografia, a música, os filmes, a escultura e tudo o mais que pode ser feito pelo ser humano, tanto para distração ou contemplação quanto para a reflexão. Para se ter uma ideia, até o piche é Arte! Mesmo, um piche, com palavrões ou palavras e letras sem sentido, tornando ridículas paredes e construções novas. E por que uma coisa dessas pode ser considerada Arte? Porque a Arte é também tudo o que o ser humano pode fazer e modificar. Como o piche modifica o local onde é aplicado, deixando-o com outra característica (muitas vezes ridícula), o piche é uma forma de Arte. Na verdade, é como se os pichadores pichassem paredes e muros "em nome da Arte", mas não é bem assim. Os pichadores só fazem isso por diversão e uma diversão às vezes bem sem-graça, pois falam palavrões e mandam recados para pessoas conhecidas, muitas vezes são recados constrangedores, ou seja, eles não ligam se estão fazendo Arte.

Bom, é só isso, espero que tenham gostado e se divertido. Não se esqueçam que logo vai vir a postagem de Matemática. E como essa é uma das minhas especialidades (meu pai é professor de Matemática da quinta sério ao ensino médio), vou arrepiar aqui com meus conhecimentos e minhas dicas.

Até mais, então, no nosso blog (não esqueçam que a Leka vai postar as fotos da viagem dela para Pernambuco assim que ela voltar):

Dj Clarissia - Mundo da Informação, a Informação do Mundo, na sua Mão.

3 comentários:

  1. Essa é a verdadeira Arte! Até logo, na postagem de Matemática!

    Dj Clarissia.

    ResponderExcluir
  2. I visit every day some websites and websites to
    read articles, however this web site gives quality based content.


    Feel free to visit my web page: Make Money From Home

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do blog! Sorte com seu site!

      Dj Clarissia

      Excluir

Hello, guys!

Gostaram da postagem? Não gostaram? Querem acrescentar alguma coisa? Querem parabenizar?

Podem comentar, leio todos os comentários com muito carinho e respondo a todos :) Também visito todos os links de blogs deixados e sigo também, se me interessarem, hehe

Só que tenho algumas regras:

*Sem xingar ou insultar os leitores ou o administrador (no caso, eu)
*Sem spam, please
*Sem flood!
*Comentários apenas para divulgação de blogs serão excluídos. Deixe seu link, mas apenas se for comentar algo construtivo!
*Sem divulgações de produtos ou sites dos mesmos (o que vale também como spam)
*E não encha o saco. Quer dizer, não insista em quebrar essas regras, pois seus comentários serão excluídos imediatamente

Podem comentar, seus fofos *--*